MFL 2017 - Clique aqui para conferir!

HISTÓRICO


Logo da edição de 2015 criado por Carlos D


Inscrições para 2017 em breve!


CINECLUBES LIVRES são zonas autônomas temporárias onde podemos sonhar com novos caminhos de distribuição do cinema brasileiro. Por diversas vezes na história, cineclubes, filmes, mostras, festivais e o público entraram na mesma sintonia para realizar o ritual cinematográfico e vislumbrar esses outros universos.


Desde 2006 são realizadas sessões da Mostra do Filme Livre em Cineclubes. Ao longo desse tempo mais de 100 Cineclubes diferentes exibiram a MFL. As primeiras parcerias foram com Cineclubes da cidade do Rio de Janeiro, depois vieram Cineclubes de outras cidades do estado.


A partir de 2011 essa parceria se espalhou por todo brasil, com a MFL sendo exibida em 07 estados diferentes. No ano de 2014 foi criada a ação Cineclubes Livres, que distribuiu filmes selecionados da Mostra para 17 estados brasileiros. Em 2015 nós conseguimos quebrar todos os recordes, tendo a participação de 70 Cineclubes diferentes, de 60 cidades, espalhadas por 22 estados brasileiros, que realizaram 81 exibições para 2643 pessoas.


Hoje nosso desafio é tecnológico, não limitar mais o número de participantes e conseguir continuar distribuindo sessões da MFL para Cineclubes. O envio dos filmes será feito exclusivamente através da internet, sem precisar de DVD e dos Correios. Será que é possível distribuir e exibir filmes por todo o Brasil, apenas com transmissões de dados?


Entre os mais de cem cineclubes que construíram essa história, destacamos nove que fazem o cinema ser LIVRE há dois anos seguidos e novamente participaram da ação Cineclubes Livres em 2016:



CINE ALTO DO MOURA

Caruaru, Pernambuco

Cineclube contemplado pela ação do Cine Mais Cultura (MinC), em 2009. Vinculado à Associação dos Artesões em Barro do Alto do Moura (ABMAM), é realizado em comunidade de ceramistas fundada pelo Mestre Vitalino, em Caruaru/PE.



CINE POTY

Cratéus, Ceará

Denominado de Cine Poty, parte homenagem ao extinto cinema de Cratéus-CE, parte homenagem ao rio que corta nossa cidade, criado a partir de projeto aprovado junto ao Cine Mais Cultura do Ministério da Cultura, o cineclube está em atuação no município e na Região dos Sertões de Cratéus desde 2010. O Cine Poty itinera e exibe em espaços alternativos, tem levado às suas sessões uma diversidade interessante de pessoas e de temas, não se restringindo a um público único. Os principais objetivos do cineclube são: exibir filmes nacionais e que estão à margem dos grandes circuitos, proporcionar às comunidades interioranas exibições que fujam dos filmes televisivos e de locadoras, proporcionar diversão, lazer e reflexão através do cinema.



CINECLUBE DA CASA DE CULTURA CÁSSIA AFONSO DE ALMEIDA

Mateus Leme, Minas Gerais

Criado em 2005 juntamente com a fundação da Casa de Cássia, o Cineclube da Casa, situado na região periférica de Mateus Leme, exibe hoje duas sessões semanais, sempre às 17h: aos sábados, filmes nacionais (curtas e longas, clássicos e contemporâneos) e aos domingos a sessão Cinepreciosidade ilumina pérolas meio esquecidas do cinema mundial.



CINECLUBE FORA DO EIXO

Boa Vista, Roraima

O Cineclube Fora do Eixo surgiu em 2013 após o coletivo Canoa Cultural já realizar exibições e mostras desde seu surgimento em 2007, além de produzir a SEDA - Semana do Audiovisual em várias cidade de Roraima desde 2010. Passamos um ano num prédio fixo com sessões semanais todas às quintas feiras e com mostras ocasionais. Agora estamos voltando às sessões semanais depois de uma reforma no prédio onde funcionávamos. Exibimos tanto filmes de diretores independentes quanto clássicos do cinema.



CINECLUBE LUMIAR

Nova Friburgo, Rio de Janeiro

Desde 24 de fevereiro de 2008, a Associação Cineclube Lumiar promove a difusão cinematográfica e a cineflilia na região serrana do Rio de Janeiro através das ações do Cineclube Lumiar, uma iniciativa de exibição sem fins lucrativos, de base comunitária, fundamentada no protagonismo social, na mobilização cidadã e na democratização do acesso.

Entendemos que a linguagem audiovisual é uma eficiente ferramenta de difusão de conhecimentos e de integração social, e já há 8 anos, ininterruptos, praticamos o cineclubismo semanalmente, sempre promovendo a formação e participação do público - nos debates após as exibições, bem como na curadoria, programação e apresentação das sessões. As exibições regulares do Cineclube Lumiar ocorrem atualmente às sextas-feiras e domingos, no espaço cultural Tribuna Livre, e sessões especiais às quintas-feiras e sábados, no café Estalagem 1862, em Nova Friburgo, RJ. Nossa programação está disponível em cineclubelumiar.org.



CINECLUBE MARIA SENA

Caratinga, Minas Gerais

O Cineclube Maria Sena é uma entidade jurídica sem fins lucrativos, que desempenha atividades como distribuição, Projeção e Exibição de filmes e material audiovisual em geral; pesquisa, prospecção e recuperação de qualquer material audiovisual e realização de convênios com entidades culturais para intercâmbio cultural. A entidade foi fundada no ano de 2008, e com um total de 15 membros. Tem como objetivo promover debates sobre questões polêmicas (sociais, culturais, éticas, modernas) provocadas pela exibição de filmes, escolhidos não com base em critérios comerciais, mas, sim, pela forma de abordar e apresentar tais assuntos.



CLUBE DE CINEMA

Macapá, Amapá

O Clube de Cinema, é um cineclube mantido pela equipe do Festival Imagem-Movimento (FIM). Em maio de 2016 completará seis anos de atividades. Foram mais de 160 filmes exibidos, além de debates e rodas de conversas. O Clube de Cinema foi criado em 2010 e já passou por vários locais. há 3 anos fixou residência no Espaço Caos - Arte e Cultura, espaço cultural independente da cidade de Macapá no Amapá.



CINESTESIA CINE CLUBE - UM JEITO DIFERENTE DE FAZER CINEMA

Volta Redonda, Rio de Janeiro

O projeto Cinestesia tem como objetivo criar espaços abertos ao diálogo em torno de temas específicos extraídos dos filmes e a troca de ideias a partir da exibição de filmes e documentários curtas e médias metragens, não comerciais. As exibições são mensais, em espaço fixo no Cine Clube do Condomínio Cultural - alternando com exibições em escolas e em outros espaços culturais, praças e ruas, construindo um espaço de produção de conhecimento. O Cinestesia é muito mais do que um pólo de exibição cinematográfica, por entender que a função do cinema vai muito além do entretenimento, é uma poderosa ferramenta para a transformação social por fazer pensar, provocar o desenvolvimento de uma consciência e de um senso crítico.



TINTIN CINECLUBE

João Pessoa, Paraíba

O Tintin Cineclube deu início às suas atividades do ano de 2004, dentro das instalações e em parceria com a Aliança Francesa de João Pessoa, exibindo filmes franceses e brasileiros em 16mm. Associada à ABD-PB (Associação Brasileira de Documentaristas - Secção Paraíba), já em 2005 adotou o formato digital e mudou-se para o Teatro Lima Penante, no NTU Núcleo de Teatro Universitários da UFPB, onde funcionou o Ponto de Cultura Urbe Audiovisual / ABD-PB, até meados de 2010. A partir de então tem peregrinado por diversos espacós na cidade de João Pessoa, desde a Casa de Cultura Cia da Terra, no centro histórico da cidade, passando pela Funesc - Fundação Espaço Cultural (do Governo do Estado da Paraíba) e pelo Cine Aruanda, do CCTA - Centro de Comunicação, Turismo e Artes da UFPB. No último ano, 2015, exibiu na Cosmopopeia, casa de cultura que o levou de volta ao centro histórico. Em 2016 mais uma mudança e mais um retorno: a Funesc reinaugura seu cinema, o Cine Banguê, e o Tintin ganha nova casa. Nesses 12 anos de atuação o cineclube tornou-se uma referência na difusão audiovisual em João Pessoa e na Paraíba, buscando manter-se como um canal aberto para o diálogo da produção brasileira e paraibana com a produção mundial de todos os tempos, especialmente de curta-metragem. Em sua atividade de exibição coube sempre um espaço para apoiar a produção local através de lançamentos de filmes, bem como apoio às atividades de formação, uma vez que se entende como parte essencial deste processo, tanto para o público em geral como para aqueles que se vêem estimulados a produzir cinema a partir do visionamento e das conversas em torno dos filmes exibidos. O Tintin Cineclube é filiado ao CNC - Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros e participa ativamente do movimento cineclubista do país, em prol da manutenção e expansão da atividade que, há quase uma século (desde 1928), promove no Brasil a formação crítica do olhar através do cinema.


Catálogo MFL 2016
em PDF

PROGRAMAÇÃO

JULHO

D S T Q Q S S
          1 2
3 4 5 6 78 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

AGOSTO

D S T Q Q S S
  1 2 3 45 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      

GALERIA DE FOTOS